sábado, 17 de junho de 2017

HOMENAGEM. CONTINUAÇÃO...

Aqui vai o resto das fotos do 43º Aniversario da A.D.F.A. Delegação de Coimbra, em que se prestou homenagem ao Sócio José Arruda atual Presidente da nossa Associação. 




Aspecto da sala.



Esta é a estatueta que foi entregue pelo Assessor do Secretário de Estado da Defesa ao Sócio José Arruda.
É o homem vencendo todas as barreiras tendo na mão direita um escudo, que é o Emblema da A.D.F.A. e na mão esquerda um cravo que representa a Revolução de Abril.


 Aqui, é quando o Assessor do Secretario de Estado da Defesa Nacional, recebia o livro da A.D.F.A.


No final, não faltou a boa disposição!

Por hoje é tudo, continuação de um bom fim de semana.

Um abraço. SANTA.

3 comentários:

  1. ha dias na tv,ao lado de alguem de um partido de direita estava o comendador,nao seise estara associado a tal partido,mas e pena que o comendador que tanto admiro surja ligado a qualquer forca politica

    ResponderEliminar
  2. Olá Vivaldo. Li o teu comentário sobre o Comendador José Arruda (tu bem sabes que o conheço bem), mas fica descansado que na A.D.F.A. não há partidos. Ele senta-se ao lado de qualquer um ( da direita ou da esquerda) desde que seja para defender os interesses dos D.F.A.Para nós, associação, não há partidos de direita ou da esquerda, e já agora ficas a saber (por curiosidade) que foi graças a um partido de esquerda que tudo nos foi tirado á anos atrás. E já agora ficas também a saber, que foi graças a um partido de direita que voltamos a ter os nossos direitos de volta.Portanto estás a ver.Não vamos por aí, pois o Comendador recebe na nossa casa todos da mesma maneira. É natural que ele tenha uma cor política como qualquer um de nós, mas ele enquanto Presidente da A.D.F.A. neste momento não tem qualquer ligação com a cor política que possa ter. Está afastado da mesma.
    Com um abraço, SANTA.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. amigo santa.regoziso me que um partido de direita tenha reposto o que algum energume de esquerda vos tenha tirado.contra a guerra todos estavam mas ninguem quis saber dos que de morreram ou ficaram com graves mazelas.ja agora,quando se lembram de aumentar os miseros 100 euros a quem tenha baixos rendimentos........um abraco

      Eliminar