sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

* * * MENSAGEM DE NATAL * * *

Por: F. Santa


O seu browser pode não suportar a apresentação desta imagem.



      Estamos na época de Natal. O Ano está a chegar ao fim, e para todos eu deixo a minha mensagem: A Festa de Natal, obriga-nos a ter disponibilidade para os outros, vigiar para que os outros durmam, morrer para que os outros vivam. Os outros têm um nome: Chamam-se Irmãos. O homem, despreza tudo o que lhe foi oferecido, quer o que não tem direito, rouba o que é alheio e chega a matar por vingança. A vida perdeu qualidade.
     Sendo assim, e com o devido respeito, quer católicos e não católicos, o Natal toca-nos a todos quer queiramos ou não. O Natal devia ser o símbolo da pobreza como o nascimento do Deus Menino, mas o homem quer o seu conforto com toda a comodidade, quer a ostentação da riqueza, quer ter mais que todos. Assim, a Festa de Natal, obriga-nos a renovar a nossa vida e deitar fora aquilo que é inútil. Agora, vou transcrever o que li aqui á tempos numa revista.
“Se os homens olhassem os homens sem olhos de exigências, nem olhos de mestres, mas se considerassem todos, e ao mesmo nível diante de Deus, irmãos porque irmãos do Menino de Jesus, decerto que no mundo a injustiça, a incompreensão, o ódio, o desencanto, seriam palavras sem significado nem expressão; decerto as guerras terminariam, invadidos que seriam os campos por grandes culturas de flores e transformados os canhões e as metralhadoras em enxadas e arados. E isto porque o homem teria compreendido, finalmente, que amar é a razão de estar -mos no Mundo. Amar é a razão de ser -mos pai, irmão, e filho; de sermos médico, advogado, escriturário, bombeiro, etc. E então viver não seria aquilo que é para tantos e tantos irmãos nossos: estarem à espera da morte. Mas seria um caminhar para um dia encontrarmos a paz, a paz entre os homens e a paz de Deus”.
Sendo assim, que todos nós tenhamos no sapatinho a melhor prenda que se pode desejar: Saúde, Paz, Amor e muita Alegria.
 
    Depois disto, eu quero desejar a todos os camaradas da 2415 e suas famílias, um Santo Natal e um Ano Novo cheio de saúde e paz. Estes votos são também extensivos a todos os outros camaradas de guerra. Quero desejar em particular, ás famílias dos que já partiram, que na saudade tenham um Santo Natal e um ano novo com tudo de bom. Aos que estão doentes, desejo também um Santo Natal a todos com rápidas melhores e que o próximo ano lhes traga muita saúde e alegria. Queria também desejar um Santo Natal e um Bom Ano Novo a todos aqueles que de fora já participaram no nosso site e a todos os nossos visitantes. 


             Do Ex. Furriel Santa com um grande abraço para todos.    

 

Sem comentários:

Enviar um comentário